26 fevereiro, 2012

SALA DE CIRURGIA - Miniatura

Esta sala é dedicada a minha esposa, que ama sua profissão e se empenha em fazer o melhor, tanto para os enfermos como para seus alunos.
Material usado: Plásticos, tampas, fios, madeiras e etc.

17 fevereiro, 2012

Miniatura - SALA DE COSTURA

Essa sala de costura eu fiz em homenagem a minha sogra, que, com as mãos habilidosas soube fazer roupas o que se tornou sua profissão.




 Material usado: Madeira reaproveitada, pedaços de tecidos, massa de biscuit, botões, tampa de relogio de pulso, velcro e cola.
                                 

10 fevereiro, 2012

Miniatura - Oficina de moto 3





Miniatura - Oficina de moto 2




Miniatura - Oficina de moto 1




Pois é, antes de iniciar as construções dos meus trabalhos, aprendi a ser um motociclista, entrei para o Moto Clube Heróis da Resistência, e passei a curtir juntamente com a minha esposa esse tipo de lazer, e com o gostar do motociclismo, mais uma vez através da internet vim a conhecer o que é DIORAMA e ROOMBOX. Com mais esse conhecimento, dei início a construção de Roombox, como são conhecidos, e as idéias estão sendo apresentadas com as miniaturas de oficinas de motos, e como não poderia deixar de ser, a minha marca de aproveitamento de peças estarão compondo os roombox e vocês poderão observar e descobrir o que elas são e representam.









Miniatura - Maquete - Casa de um amigo





Esse na foto é o cara, dono dessa casa.
Mais uma maquete construída, ele me pediu e eu fiz a réplica de sua casa. O mais interessante foi a sua admiração e o que ele me falou da surpresa da sua esposa. Com essa casa eu aprendi muito, alguns detalhes que serão de extrema importância para outras construções.
Como já disse anteriormente, meu aprendizado está se dando através da internet. Adoro sites que têm tutoriais sobre modelismo, ferromodelismo, e dioramas e etc. Um dia vi que há um papelão chamado "paraná" e com esse papelão é possível fazer muita coisa, principalmente os pisos e paredes, o qual dá para imitar direitinho os tijolos e pisos de cerâmica. Então, esse material passou a ser minha base para acabamentos das minhas maquetes.
A minha vida de artesão a partir de então, passou a ser uma comédia, toda vez que acho algo, coloco no bolso ou no bagageiro da moto e levo para casa.











Miniatura - Aeronca L-3 Grasshopper



Um dia fazendo uma visita a uma loja que muito gosto aqui em Juiz de Fora, conhecida como Livraria FLAMINGO, onde as pessoas compram e vendem livros e revistas usadas, encontrei uma coleção de " ARMAS DE GUERRA". Nessa coleção há imagens e histórias, e no primeiro volume encontra-se a imagem desse avião, e tive a idéia de fazê-lo, dando início as produções que aqui ainda serão postadas.
Material usado: Madeira de caixa de frutas, vidro de garrafa pet, banco forrado com capa de agenda e os arrebites são de alfinetes.













Miniatura - Maquete - Nossa casa




          A nossa casa ainda continua como a comprei, mas, fiz essa maquete pensando em ter uma ideia do que poderíamos fazer para melhorar e ficar ainda mais bonita. Atualmente a casa não possui a varanda frontal e nem a porta de frente, a cor ainda não está definida. Agora, a varanda dos fundos foi construida baseada nesta ultima foto e ficou muito boa e muito parecida com a maquete.








Miniatura - Maquete - Casa de um amigo

Essa criação foi a primeira encomenda, que o amigo me pediu, a réplica de sua casa, construída com material reciclado, materia prima dos meus trabalhos.
Material usado: Telhado é de papelão, a grade é de palitos de dente, o gramado é de esponja de cozinha, as plantas são de aquário, a antena é de fundo de latinha de refrigerante, a estrutura da varanda de palito de picolé, a caixa d'agua é de pote de desodorante e a madeira das paredes são de caixas de frutas.

Miniatura - Maquete - O começo foi com essa maquete.


Um certo dia, me deu uma vontade de fazer algo que tomasse meu tempo, que fosse uma coisa criativa, e lembrei do meu tempo de infância, que inventava brincadeiras e me divertia muito. Então comecei vasculhando a internet e descobri uma forma de usar material que iria para o lixo e fazer com esse material uma coisa que fosse admirada pelas pessoas, momento em que construí essa pequena maquete, que veio da cabeça.
Material usado: Telhado de papelão, paredes de madeira de caixa de frutas, janelas de palito de fósforo e vidros de garrafa pet, o chão do quintal é de areia, pedras do poço é brita 0, corrente de pulseira e outras pecinhas de plástico.
Essa maquete, hoje se encontra em minha casa e foi vista por muitas pessoas.